Mineração de texto no apoio da escrita acadêmica

07 agosto 2015 / por Leandro Leonel Dapper

RENOTE – Revista Novas Tecnologias na Educação – ISSN 1679-1916

Esta pesquisa trata de investigar como uma ferramenta de mineração de texto, capaz de identificar incoerências, poderá apoiar no ensino e na aprendizagem, no processo de construção da escrita acadêmica científica, para qualificar a produção textual dos trabalhos de conclusão de curso na Faculdade da Serra Gaúcha.

Para isso, utilizou-se como fundamentação teórica as teorias de produção textual e mineração do texto. A aplicação dessa pesquisa está ocorrendo como uma investigação contínua semestral, pois faz parte de uma tese de doutorado. Este artigo foi elaborado para exemplificar o que e como se pretende contribuir para qualificar a produção textual, no entanto, ele apresenta apenas o primeiro semestre de pesquisa, assim como, a organização inicial dessa proposta.

A escrita é uma das formas mais antigas de representação da comunicação humana, desde os homens primitivos que deixaram o relato do seu cotidiano em diversos registros históricos até os tempos contemporâneos que se vive do registro digital, da era do twitter, facebook, hipertextos colaborativos, chats, entre outros conceitos que hoje fazem parte da rotina social, acadêmica ou profissional. Apesar do contexto interativo e inovador vivenciado pelos acadêmicos, é possível perceber as dificuldades dos alunos para escrever, mesmo tendo em consideração um grande contato com a escrita cotidiana por meio destes recursos comunicacionais citados, uma parcela considerável dos acadêmicos, quando ingressam no ensino superior se deparam com a dificuldade de escrever, de como transformar os seus pensamentos em palavras formais, na estrutura de um texto aceito cientificamente para o ensino superior.

Para organizar, a investigação e a coleta se estrutura a partir dos seguintes objetivos específicos:
a) Explorar a ferramenta de mineração de texto SOBEK;
b) Construir a metodologia de aplicação da ferramenta;
c) Elaborar e validar os critérios de análise textual com base teórica e aplicação prática;
d) Aplicar o experimento com a ferramenta para formandos de diversos Cursos da Faculdade da Serra Gaúcha. Este projeto de pesquisa também será enviado para análise e submissão do comitê de ética.
Esta pesquisa organiza-se para apoio ao desenvolvimento da Escrita Acadêmica Científica, conforme as características que esse processo exige em sua produção, levando em consideração a coerência, a coesão e conectividade, nesta produção teórica os conceitos propostos serão abordados de modo sucinto devido a fase inicial e experimental da pesquisa. Diante disso, levanta-se a seguinte hipótese:
a) O acadêmico e o professor orientador repensarão o seu texto a partir da aplicação do método de análise textual com o uso da ferramenta de mineração de texto? Espera-se que a unidade de aplicação do experimento entre o método de uso da ferramenta, a mediação pedagógica e o uso de critérios de avaliação textual resultará na qualificação do TCC dos acadêmicos envolvidos no processo.
A partir da situação problema apresentada, referente às dificuldades na produção da escrita acadêmica relatada por uma parcela significativa de alunos da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) na cidade de Caxias do Sul (RS), justifica-se o presente estudo de como apoiar o acadêmico no processo da elaboração de textos científicos, principalmente quando se trata de uma fase muito especial em sua trajetória acadêmica, na elaboração do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Autores

Dr. Eliseo Reategui, Universidade Federal do Rio Grande do Sul -UFRGS,
eliseoreategui@gmail.com

Me. Simone de Oliveira Emer, Universidade Federal do Rio Grande do Sul -UFRGS,
simone.emer@gmail.com

Esp. Jocimara de Lima Mauer, Faculdade da Serra Gaúcha – FSG,
jocimara_mauer@hotmail.com

Esp. André Gomes, Faculdade da Serra Gaúcha – FSG,
andre.gomes@fsg.br

Tecnólogo Leandro Leonel Dapper, Faculdade da Serra Gaúcha – FSG,
contato@dapperweb.com.br

Para visualizar ou baixar o artigo completo clique aqui

Sobre o autor

Leandro Leonel Dapper

Leandro Dapper é aluno PEC do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) nível Mestrado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), do curso de Pós-Graduação em Design Instrucional para EaD no IBDIN – Instituto Brasileiro de Desenho Instrucional, e graduado no Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela Faculdade de Tecnologia da Serra Gaúcha. Também é formado em Tecnologia da Informação pela Faculdade de Tecnologia TEC-Brasil. Além disso, Leandro trabalhou no Departamento da Coordenação de Graduação do Centro Universitário da Serra Gaúcha – FSG, onde desenvolveu aulas em EAD – Educação a Distância, onde ministrou Cursos Livres, abertos à Comunidade, em Tecnologia da Informação e Formação Docente, que lhe conferem prestígio na docência. Participou ainda do Moodle Moot Brasil 2013, evento sobre a plataforma Moodle, promovido pela Makenzie University-SP e SB Games, evento internacional promovido pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
CRA-RS 002159 – Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul.

Deixe um comentário

Preencha todos os campos corretamente. Obrigado!